Aprenda a gerenciar melhor seus esforços


A capacidade de manter-se constante no decorrer de uma prova cronometrada, desenvolve-se no treino. A Kalenji lhe oferece alguns conceitos chave para aprender a gerenciar melhor seus esforços e tornar-se um corredor mais regular e de alto desempenho.

 

Ser zeloso no treino

Ninguém disse que ia ser fácil! Sobretudo se você desejar progredir e inscrever sua prática esportiva no tempo. Os corredores são cada vez mais numerosos em ousar fazer a transição para um ato de esporte de competição. 10 km, meia maratonas, maratonas: cada um com sua distância e seu nível...

Utilizar um número de competição é sempre um gesto decisivo que deve ser precedido de um período de treino. Não é necessário – apesar de ser desejável-respeitar um plano bem preciso. Mas no mínimo, é preciso demonstrar uma regularidade. Correr três vezes por semana deve permitir o progresso de modo regular. Especialmente se o treino respeitar os princípios fundamentais: "sessão de resistência"{A resistência é a capacidade em manter um nível de intensidade, numa velocidade, por ocasião da corrida. Trata-se de uma técnica de treino indispensável para o corredor. Ela constitui as fundações do treino. Sem resistência fundamental, o corredor não pode progredir. A "terra" é indispensável para qualquer corredor de longas distâncias na estrada (além de 10 quilômetros). Nada substitui a densidade e o volume. A resistência é o pilar de qualquer preparo}, "sessão de fracionados"{O treino fracionado é um método eficiente para acostumar seu corpo a variações de velocidades. Ritmo lento - rápido - moderado - vivo pisadas longas, curtas, amplas, em função dos terrenos e das velocidades, exercícios (...). O fracionado permite entender melhor as corridas, durante as quais nunca podemos correr de modo totalmente uniforme (fadiga, terreno acidentado, multidão etc...). É igualmente importante em um plano de treino}, (na pista ou na natureza), "sessão no limiar "{Técnica de treino a meio caminho entre a caminhada fácil e o fracionado intenso, o trabalho no limiar permite acostumar o organismo a tolerar melhor os esforços moderados. O limiar é a base – a velocidade de base – indispensável de dominar.}.

 

Conhecer perfeitamente suas velocidades e seus limites

A boa gestão de uma atividade passa sempre por um trabalho meticuloso para a velocidade, que será a sua, no dia da competição. Você deve ser capaz de correr nesse ritmo, de modo relativamente preciso.

Caso você esteja preparando uma meia maratona ou uma maratona, é desejável que você treine de modo mais dinâmico, isto é, num modo mais sustentado. A velocidade, com estas características, deve parecer-lhe confortável. Caso você sinta dificuldades em mantê-la durante uma sessão inferior à uma hora, seja mais modesto e adote um modo mais lento.

Saber gerenciar seu esforço é antes de tudo conhecer seus limites. Quanto mais seu treino for equilibrado e regular, mais você ficará ciente do que você é realmente capaz.

 

Trabalhar seu lado mental

O esporte de competição, mesmo no nível amador, é uma máquina fantástica para criar emoções. Mas o aumento de adrenalina do dia D não pode suprir certas fraquezas. Físicas e mentais...

Ser sincero a atividade – sem necessariamente ir além de suas possibilidades do dia: eis o ponto de partida de uma boa gestão da distância escolhida! O treino, em coerência com o objetivo estabelecido, possui essa dupla virtude de melhorar o nível do conjunto e blindar a parte mental. O corredor sente-se obrigatoriamente mais forte quando ele trabalhou corretamente. O resto, isto é, a capacidade de ultrapassar seus limites – até mesmo sublimar-se – cabe numa só palavra: motivação !

 

Ter uma tática de corrida

Você é o arquiteto de seu esforço, que está por vir. Estabeleça um plano. Desde os pilares até o topo do edifício. Leve em conta a topografia do percurso, seu nível de condicionamento verdadeiro e até mesmo as condições climáticas !

É sempre preferível prever os tempos de passagem de uma fase a outra, a serem respeitados, de modo relativamente escrupuloso. Notadamente no início da corrida, quando a emoção pode ser má conselheira. Saber gerenciar é, antes de tudo, saber conservar sua armadura. E laçar a energia dos primeiros quilômetros.

Pense na distância em sua globalidade, levando em conta as dificuldades que você encontrará eventualmente, se você tiver sido um pouco ambicioso. Mas seja ambicioso. Correr é sempre uma aventura formidável, quando os limites foram alcançados no respeito mais puro de sua integridade física...

 

Agora, você está pronto: boa corrida !

 

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Classificar
VOLTAR PARA O TOPO